Thursday, September 14, 2006

Transcrevo um pequeno trecho de Jean Tauler, dominicano, a propósito da festa que hoje celebramos:
«Hoje é o dia da Exaltação da Santa Cruz, cruz que merece o nosso amor, da qual esteve suspenso por amor o Salvador do mundo inteiro. Nosso Senhor disse: "Quando for elevado da terra, atrairei tudo a mim". Com isso ele quer dizer que quer atrair a si os nossos corações terrestres que estão possuídos pelo amor das coisas deste mundo; quer atrair a si a sede que temos dos prazeres e das satisfações da terra. A nossa alma, bela e orgulhosa, retida pelo gozo que tira de si mesma, pelo amor da satisfação material da nossa sensibilidade, quereria ele atraí-la totalmente - sim, para que seja assim elevado em nós e cresça em nós e nos nossos corações. Porque, para aqueles para quem Deus nunca foi grande, todas as coisas criadas são pequenas e as coisas passageiras são como nada.Esta bela cruz é Cristo crucificado elevado de forma inimaginável, bem acima de todos os santos, de todos os anjos, acima das alegrias, delícias e felicidades todas juntas. E, como a sua verdadeira morada é no mais alto dos céus, ele quer habitar no que há de mais alto em nós, isto é, no nosso amor e nos nossos sentimentos mais elevados, mais íntimos, mais delicados. Quer atrair os aspectos mais simples do nosso espírito e da nossa alma aos aspectos mais eminentes e até ele elevar tudo isso. Se o fizermos, atrair-nos-á também para a sua morada mais elevada e mais íntima... Tanto quanto eu lhe der agora o que me pertence, tanto ele me dará o que lhe pertence a ele.»

3 comments:

Anonymous said...

Já tinha saudades de um novo Blog...
Boa escolha...Que as palavras do texto, sirvam para nós pensarmos o que é que realmente preenche o nosso coração...
Bom regresso...

Olhe o Céu said...

muito bom aqui... ah, quanto ao Historia de uma Alma... é verdadeiramente um livro que não só conta a historia da alma de Teresinha, como a conta diretamente à nossa alma... delicioso.
Abraços Peregrinos (e brasileiros)
Babi e Zé

Joana said...

Desafio-o a falar dos últimos acontecimentos que por aí têm sucedido, invadindo as nossas casas: A tal citação de Bizantido, enunciada pelo Santo Padre e transformada em revolta pelos muçulmanos.