Saturday, May 13, 2006

O mal existe?


Bom, então cá vai mais uma história, desejo que ajude...
Um professor universitário desafiou os seus alunos com esta pergunta:
“Deus criou tudo o que existe?”
Um aluno respondeu valentemente: Sim, fez…
Deus criou tudo?, perguntou novamente o professor
Sim senhor, respondeu o jovem.
O professor respondeu, “Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal, pois o mal existe, e partindo do preceito de que as nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau"
O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, regozijava-se de ter provado mais uma vez que a fé era um mito.
Outro estudante levantou a mão e disse:
Posso fazer uma pergunta, professor?
Sim pode, faça favor…
O jovem ficou de pé e perguntou: professor, existe o frio?
Que pergunta é essa?
Lógico que existe, ou por acaso você nunca sentiu frio?
O rapaz respondeu:" De facto, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo ou objecto é susceptível de estudo quando possui ou transmite energia, é o calor que faz com que este corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Nós criamos essa definição para descrever os nossos sentimentos quando não sentimos calor "
E, existe a escuridão? Continuou o estudante.
O professor respondeu: Existe.
O estudante respondeu: Novamente comete um erro, senhor, a escuridão também não existe. A escuridão na realidade é a ausência de luz.
“A luz pode estudar-se, a escuridão não, até existe o prisma de Nichols para decompor a luz branca nas várias cores de que está composta, com suas diferentes longitudes de ondas. A escuridão não. Um simples raio de luz atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz. Como pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na quantidade de luz presente nesse espaço, não é assim professor? Escuridão é uma definição que o homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz presente”
Finalmente, o jovem perguntou ao professor:
Senhor, o mal existe?
O professor respondeu: Claro que sim, lógico que existe, como disse desde o começo, vemos crimes e violência por todo o lado, essas coisas são do mal.
Ao que o estudante respondeu: O mal não existe, senhor, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência de Deus, é o mesmo dos casos anteriores, o mal é uma definição que o homem criou para descrever essa ausência de Deus.
Deus não criou o mal. Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz. O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações. É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.
Então o professor, depois de balançar a cabeça, ficou calado
O nome do jovem era...
ALBERT EINSTEIN.

7 comments:

al cardoso said...

Rica argumentacao, e logo por parte de um judeu.

Um abraco beirao.

CJanuário said...

Bem o que consta neste texto, é bem vdd pois nós estamos habituados a ter nome para tudo...mas ñ vamos ver a origem dessa definição...mas sim o que outras pessoas dizem desde smepre... e uma pessoa estar sem Deus é ñ isistir ou até mesmo "estar morta"..como é esplicito no novo mandamento...px Deus é que nos elumina o caminho e que vai criando/ou construindo a passagem para que nós caminhar-mos até ele.

Carlos

CJanuario said...

bem pesso desculpa mas na minha ultima menssagem é alguns erros um dos quais quando falo do "novo mandamento", ñ era ixo que eu queria escrever..eu queria escrever novo testamento..

pç imensa desculpa!!

Simão said...

Tambem acho o texto bonito e tudo isso, mas nao concordo muito bem com o Sr. Einstein. Para mim o mal existe mesmo. E Deus não é mau por isso. No inicio, quando lemos la em Genesis 1, 1.... Vemos a maravilha de toda a criação, mas nao lemos em altura nenhuma que Deus tenha criado o bem ou o mal. ou qualquer tipo de sentimento ou comportamento. O que lemos, é que Deus deu ao Homem esse poder (liberdade) de poder optar entre Ele e entre o outro,a quem Cristo chama "o principe deste mundo". Na verdade o diabo existe mesmo e em todo o momento nos tenta. Deus no entanto capacita-nos para este combate e ensina o homem a vence-lo. E talvez o primeiro erro para que o combate possa ser perdido, é substimar o adversario.
A paz esteja com o vosso espirito.

Marlene Maravilha said...

É verdade.
Concordo que o mal é o resultado sim, da humanidade que não tem Deus nos seus corações. Porisso vemos tantas guerras, fomes, melancolia e tristezas pelo mundo afora.
abraços

Endi said...

o texto esta correto... muito bom mesmo

mas o texto nao é de albert nao... tolos!

FLAMENGO said...

Belo texto, mas com certeza não foi de autoria de Einstein, sendo este um anti-religioso declarado.