Thursday, May 18, 2006


Como todos sabemos Sócrates era um filósofo grego. Na Grécia Antiga, Sócrates possuía elevada reputação e era muito estimado pelo seu elevado conhecimento, cultural, cientifico e como não podia deixar de ser filosófico.
Um dia, um conhecido do grande filósofo aproximou-se dele e perguntou-lhe:– Sócrates, sabes o que acabei de ouvir acerca de um amigo teu?
– Espera um minuto, respondeu Sócrates! Antes de me dizeres o que quer que seja, gostava de te fazer um teste. Chama-se o "teste do filtro triplo."
– O que é isso do filtro triplo?
– Escuta, continuou Sócrates, antes de me falares do meu amigo talvez fosse uma boa ideia parares um momento e filtrares aquilo que me vais dizer. Por isso lhe chamei o filtro triplo...
...e continuou ainda: O primeiro filtro é VERDADE: tens a certeza absoluta de que aquilo que me vais dizer é indiscutivelmente verdadeiro?
– Não, disse o homem... acontece que eu ouvi dizer que...
– Então, disse Sócrates, não sabes se é verdade. Passemos ao segundo filtro, que é BONDADE: o que me vais dizer sobre o meu amigo é bom?
– Não, muito pelo contrário...
– Então, continuou Sócrates, queres dizer-me algo mau sobre ele e não sabes se é ou não verdadeiro. Mas, vá lá, pode ser que ainda passes no terceiro filtro. O último filtro é UTILIDADE: o que me vais dizer sobre o meu amigo será útil para mim?"
– Não, acho que não...
– Bom, concluiu Sócrates, se o que me vens dizer não é bom, nem útil e muito menos sabes se é verdadeiro, para quê dizeres-me?"

É assim a vida, todos os dias acontece isto, me vêm com histórias de amigos meus… mas o pior é que eu também faço o mesmo…
Já pensaste nisso?

4 comments:

JoaoR said...

É verdade, muitas das coisas são apenas Boatos, não são sequer reais, mas mesmo assim "meio-mundo" acreditará nelas, coisas Boas, não sõa de certeza, pois hoje em dia o que a população quer são infomrações destrutivas, e o conhecido "povo-portugues" tem aquela coisa de "querer desgraças".
Utilidade é que algumas têm, mas a maioria não tem mesmo nada disso...
Muito bom o Blog (todo ele sim!!!)

kaiser said...

..como seres Humanos, e criaturas de DEUS com muitos defeitos e muitas qualidades, temos este Grande Defeito da intriga..do conluio..do deitar abaixo.
Por vezes, os nossos medos e temores, impedem-nos de olhar para dentro de nós mesmos, e...quando fazemos isso, as nossas atenções recaiem sobre os outros.
Pessoalmente, hoje, no meu dia a dia, tento evitar a todo o custo que..me venham segredar ao ouvido.NÃO O PERMITO.
Gosto, e enquanto ser humano, igualmente com muitos defeitos e muitas qualidades, de saber quem verdadeiramente sou..e todos os dias procuro isso..sem aditivos (sem álcool ou drogas), e tentando ser(..por vezes é muito díficil..)o mais honesto possível comigo próprio.
Penso que , embora algo lentamente, estou a encontrar o meu equílibrio pessoal, e a sinto crescer uma serenidade dentro de mim, que..á alguns anos atrás não sentia.
Obrigado.

Manuel said...

Deviamos permanecer mais tempo calados... :)
Abraço

lua said...

O vazio que cada um sente é preenchido por vezes da pior maneira possível: Atacando o outro.
O bem não gera longas conversas enquanto que o mal é só dar corda.....